AJUDE O BLOG - COMPRE LIVROS NO LINK

domingo, 20 de dezembro de 2009

Carlos Drummond de Andrade - A Paixão Medida

A Editora Record lançou A Paixão Medida de Carlos Drummond de Andrade que tem a seguinte sinopse:

A paixão medida surgiu em 1980. Dois anos depois, ao completar 80 anos, Drummond viu-se surpreendido por uma seqüência de homenagens, às quais, quebrando seu habitual retraimento, compareceu, emocionado. A emoção, naturalmente, devia-se a ter se tornado explícito o quanto ele era conhecido e admirado pelo público, e, algo extraordinário dentro de nosso panorama cultural, o quanto e por quanta gente era amado. Nada mais apropriado em relação a esse poeta que soube como ninguém verter sua perplexidade diante do mundo e sua fragilidade tão sensível, em amor à vida, às pessoas e ao cotidiano, que observava avidamente, e daí em poesia. Em A paixão medida, temos Drummond pelas ruas perguntando-se sobre a natureza do que vê: “Como é o lugar/quando ninguém passa por ele?/ Existem as coisas sem ser vistas?”... E as respostas, não pretende dá-las, de fato, porque se coloca como aquele que aborda enigmas, ou os revela, ciente de que sua palavra não os desvenda: “A pretensão de ser homem/ e não-coisa ou caracol/ esfacela-me em frente à folha/ que cai, depois de viver/ intensa, caladamente...”. Não existe matéria indigna da poesia. A vida é poética, também em seus detalhes mínimos, a quem se deixa seduzir por ela. Um fascínio que será então contido em versos, sem outra pretensão do que a de oferecer essa paixão medida a seus leitores, já que ...”tudo o mais é sentimento ou fingimento/ levado pelo pé, abridor de aventura,/conforme a cor da vida no papel”.




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...